Plástico às Vezes é Bacano

by NOOJ

/
  • Streaming + Download

    Includes high-quality download in MP3, FLAC and more. Paying supporters also get unlimited streaming via the free Bandcamp app.

      name your price

     

1.
2.
03:39
3.
4.
02:43
5.
6.
03:15

about

Gravado, mixado e masterizado no HAUS por Makoto Yagyu, Fábio Jevelim e Miguel Abelaira.

Capa por Simão Simões.

E um grande abraço a todos os plásticos desta vida.

credits

released March 19, 2017

tags

license

all rights reserved

about

NOOJ Lisbon, Portugal

contact / help

Contact NOOJ

Streaming and
Download help

Track Name: Plástico às vezes é bacano
Nunca vi tanto animal
O som do metro é sempre igual
Plástico às vezes é bacano
Eu já fui feito de butano

Fabricado em Portugal
Ser sintético e anormal
É tão bom quando queres ser
De plástico às vezes, plástico às vezes

Em cada casa um fogão
Para imitar o aldrabão
Em cada casa um vazio
Por onde agora corre o rio

Que se foda o natural
E o seu amigo artesanal
Eu não sou punk e quero ser
De plástico às vezes, plástico às vezes

Em que canal é que posso ficar bem?
Saltar em vão sem o lixo me tragar

Vim me encaixar entre cem mil passarões
Sem entender se só eu me vou perder

Plástico às vezes é bacano (x3)
Plástico às vezes, plástico às vezes

Que se foda o natural
E o seu amigo artesanal
Eu não sou punk e quero ser
De plástico às vezes, plástico às vezes
Track Name: Doraemano
Tornar-me num adulto
Respeitar o culto
É certo o desfecho
Sou seguido de perto

Não vou querer participar
Não estou lá
Nem quero estar

Vou acabar o curso
Directo da campa
Por agora o projecto
É saltar-me a tampa

Não vou querer participar
Não estou lá
Nem quero estar
Track Name: Alarve
Cala a boca, campeão
Aqui fala quem eu quiser
Nesta casa é assim
Não tragas para aqui o teu gin

Em boa verdade é melhor
Contar os neurónios devagar
Mas ser um calhau é pior
Quando tudo nele ressaltar

O que é essencial
Mais que ser cordial
É encheres-te de
Tudo o que vais ver
Que bom ser alarve
Que bom ser alarve

Frita a mão e come
Vira o teu jarro
Que bom ser alarve
Que bom ser alarve
Track Name: Jardel
Não é escapismo, é festa
Enquanto algo me resta
Manténs uma cara esperta
Enquanto a jarda aperta

O sol dá-me cabo da garganta
De noite é que eu vivia
Só torrava a marmita

À minha volta é só falta de apetite
Eu saio daqui a beber de esferovite

Não é escapismo, é festa
Enquanto algo me resta
Manténs uma cara esperta
Enquanto a jarda aperta